Qual a importância da coleta anual do exame preventivo para câncer de colo do útero?

            Você pode estar se perguntando ... “porque eu preciso fazer o exame preventivo de câncer de colo uterino todos os anos? É um exame tão chato e depois, eu tenho muita vergonha ! Será mesmo tão necessário?”

            Todos os dias recebo no consultório pacientes com essas dúvidas. Concordo que o exame ginecológico pode ser constrangedor , mas ele , na verdade é um grande aliado à saúde da mulher ! E deve ser encarado com muita naturalidade . Trata-se de um procedimento que ,quando realizado por profissional qualificado , não causa dor e sua realização é muito rápida e segura  . O exame se chama preventivo porque através dele ,podemos detectar pequenas lesões iniciais no colo uterino que podem ser tratadas antes de aparecer o tão temido câncer . E o melhor de tudo ,é que nessa fase inicial , as lesões têm 100% de cura ! Então, será que não vale a pena passar 3 minutinhos de vergonha para garantir sua tranquilidade por 1 ano?  Pense bem !

            O câncer de colo uterino acomete mulheres de todas as idades , não está relacionado com maus hábitos de higiene e só pode ser diagnosticado através de exame ginecológico e laboratorial. A qualidade do exame coletado é fundamental para que o resultado seja confiável , assim, vamos dar algumas dicas para que a coleta seja .

  • Não tenha relação sexual por pelo menos dois dias antes do exame.

  • A coleta logo após o término da menstruação – 4/5 dias facilita a obtenção de material adequado. Mas pode ser colhido em qualquer momento , desde que não haja resíduo menstrual .

  • Não faça ducha/lavagem vaginal . A higienização íntima deve ser como de costume , com sabonete as sua preferência.

  • Não é necessário fazer depilação – a presença de pelos não altera em nada a coleta .

  • O relaxamento da musculatura de pelve e da cavidade vaginal é fundamental para que o exame seja menos desconfortável. Portanto, procure um profissional que lhe passe segurança e com quem se sinta à vontade .   

  • Tire todas as suas dúvidas antes do exame. Essa é uma oportunidade de perguntar e esclarecer pontos nebulosos.

  • Agende o retorno para discutir o resultado  . Muitas mulheres fazem a parte mais difícil que é colher o exame e depois, não voltam para ver o resultado . Conscientize-se de que você deve ser a pessoa mais interessada na sua saúde .

  • Guarde , pelo menos o exame do ano anterior . Exames com mais de 5 anos , se não apresentarem alteração, podem ser descartados .

Algumas outras dúvidas freqüentes :

 ******  “ Quando devo começar a fazer o exame preventivo – Papanicolau?”

Todas as mulheres que iniciaram atividade sexual devem fazer o exame , pelo menos , uma vez por ano. Não importa se , no momento , estejam mantendo relações sexuais ou não. Uma vez,  iniciada vida sexual , é preciso cuidar para sempre.

******  “Já fiz histerectomia ( cirurgia para retirada do útero).Preciso colher preventivo ainda ?”

Quando realizamos a histerectomia , podemos retirar o útero inteiro ou preservar o colo uterino. Nos casos em que se mantém o colo do útero, continua valendo a regrinha da coleta anual  e naqueles casos em que o órgão inteiro foi removido, a realização do exame passa a ser bianual ( cada 2 anos). Se você não sabe em qual grupo pertence , não se preocupe! Durante a coleta do exame, o médico pode informa-la.

     

****** “Além do câncer de colo uterino ,o preventivo detecta alguma outra doença?” 

A principal função do exame preventivo é a avaliação das lesões causadas pelo vírus HPV – precursor do Câncer de colo uterino , mas é possível avaliar também a presença de bactérias causadoras de corrimentos vaginais e protozoários causadores de doença. Algumas DSTs ( doenças sexualmente transmissíveis ) podem ser diagnosticadas , como a gonorreia e a tricomoníase , por exemplo.  

****** “Meu exame está alterado. O que devo fazer ?”

Como foi dito anteriormente , o exame preventivo pode estar alterado por várias razões . Você deve procurar um médico ginecologista para avaliar a natureza da alteração encontrada. Muitos casos , são apenas corrimentos vaginais corriqueiros , com tratamento domiciliar . Outros necessitam de exames mais detalhados e específicos para uma boa avaliação. Portanto, não se desespere ! E lembre-se :” Dr. Google” ( pesquisa internet) não substitui a expertise do seu médico de confiança.

                                  Grande Abraço !

                                  Drª Alexandra Valverde

Drª Alexandra Valverde

CRM - PR 19171

R. Piratininga 83, sala 02 - CEP 87200-163  -  Zona 1 - Cianorte PR

Fones : ( 44) 3401-0839 / (44) 9 9722-0987

e-mail : alexandra_gineco_logia@outlook.com