Você sabe o que é o DIU?

 

            A emprensa tem divulgado muitas notícias , nos últimos anos , a respeito dos efeitos colaterais indesejáveis do uso de hormônios sintéticos que estão presentes nas pílulas anticoncepcionais e nos contraceptivos injetáveis . Não há motivos para pânico ,mas se você está preocupada e quer optar por um método anticoncepcional que elimine de uma vez por todas a necessidade do uso de hormônios , então , você precisa conhecer o DIU.

            DIU é a sigla utilizada para abreviar , “ Dispositivo Intra  Uterino “.  Trata-se de um método muito prático e seguro , do tipo “ coloque e fique tranquila “. A usuária não precisa se preocupar com as  tomadas diárias das pílulas,  interação medicamentosa , aumento de peso, etc. Uma vez colocado o DIU, está  pronto !

Apresenta alta eficácia contraceptiva ( 99%) , equiparando-se aos métodos cirúrgicos como a laqueadura tubárea e  a vasectomia.

            O DIU sem hormônio, geralmente apresentam cobre na sua composição , tem longa duração e exige uma manutenção mínima, com revisões anuais, exceto no primeiro ano de uso.  Trata-se de um dispositivo em forma de “T” constituído por material plástico e revestido por Cobre. Está disponível em diversos modelos  que podem ser utilizados pela grande maioria das mulheres.              A colocação do DIU é  um procedimento simples , realizado no próprio consultório , não sendo necessário afastamento das atividades de trabalho. Quem realiza a avaliação ginecológica  e inserção do DIU deve ser um médico ginecologista qualificado e treinado para o procedimento. A escolha do modelo é muito importante!

 

 

 

 

          O DIU clássico é o T de cobre 380 A , o mais utilizado no Brasil ,com durabilidade de 10 anos . Indicado para pacientes que já tiveram, pelo menos uma gestação , pois seu tamanho exige um comprimento uterino incomum entre as mulheres sem filhos.

         Os modelos em “ferradura “ têm como característica uma menor taxa de deslocamento e sangramentos .Têm duração de cinco anos. Disponível em dois tamanhos : standard e MINI . A grande novidade foi o lançamento do tamanho MINI que possibilitou o uso do dispositivo em mulheres que nunca gestaram ! pois , sua haste mais curta adapta-se com mais facilidade aos úteros menores.

            O DIU pode ser utilizado desde a adolescência até a menopausa. Indicado inclusive no período de amamentação, pois não interfere na produção, quantidade ou qualidade do leite materno. Trata-se de um método prontamente reversível que reestabelece integralmente  a fertilidade que o casal apresentava , antes do uso. 

            O DIU é considerado o método contraceptivo mais próximo do ideal , porque interfere muito pouco no funcionamento habitual do organismo feminino. Assim , não há alteração dos ciclos menstruais apenas  o fluxo menstrual pode aumentar um pouco. Não há alteração da libido , não há perda da espontaneidade da relação sexual e o parceiro não sente o dispositivo durante o ato sexual. Não há alteração de peso , nem risco de trombose. Pode ser utilizado por mulheres portadoras de doenças crônicas com Hipertensão arterial , doenças da tireoide  e até mesmo , Câncer de mama e etc...

            Nos anos 80, muitos boatos infundados surgiram a respeito do Diu, contudo , os modelos que temos na atualidade , passaram por um processo de aprimoramento e são muito eficientes e seguros ! Procure seu ginecologista de confiança e tire suas dúvidas !

Drª Alexandra Valverde

CRM - PR 19171

R. Piratininga 83, sala 02 - CEP 87200-163  -  Zona 1 - Cianorte PR

Fones : ( 44) 3401-0839 / (44) 9 9722-0987

e-mail : alexandra_gineco_logia@outlook.com